5.6.08

Justiça online

O acórdão do Tribunal da Relação de Évora, sobre o pedido do Ministério Público para ter acesso às mensagens privadas dos Mccann e amigos, enviadas por sms, quando do desaparecimento da criança, foi colocado no site do Instituto das tecnologias de Informação da Justiça, na página referente ao Tribunal da Relação de Évora. Poucos dias depois de o “24 Horas” noticiar o facto – e o conteúdo do acórdão – o texto foi retirado.

O juiz-desembargador Abel Mourisco disse àquele matutino que não retirou o texto por considerar haver violação do segredo de Justiça, mas sim porque pretende aperfeiçoá-lo, introduzindo mais ligações a aspectos jurídicos do caso. Admite, no entanto, que os jornalistas identificaram rapidamente o caso a que se referia o acórdão, embora, como é norma, os intervenientes não sejam identificados, na publicação online destes documentos.

O texto original pode ser obtido aqui, graças à eficácia do meu colega Duarte Levy. E já agora, como curiosidade, eu devo ser o único réu de um processo-crime que é claramente identificado, na publicação de um desses acórdãos, com nome completo e tudo. Há bastantes anos telefonei a um responsável por esse site, propriedade do Governo de Macau (na altura ainda sob administração portuguesa) chamando-lhe a atenção para o tratamento diferenciado que me estava a ser aplicado. Até hoje, tudo como dantes, Quartel-General em Abrantes. O queixoso era, na altura, o presidente do Tribunal Superior de Justiça de Macau, Farinha Ribeiras.

2 comentários:

Outono disse...

Boas!
**********************************
Só agora li sobre a farinheira farinhenta e bolorenta.O cheiro a mofo é tremendo;a meninos da mamã,muito invertebrados e muito viscosos,todos lavadinhos e que nunca brincaram pois podem sujar-se e vá lá saber o que as vizinhas pensarão por o menino andar amarrotado.E ciosamente colocam moedinhas no mealheiro.Mas nunca conseguiam o que queriam.E,como a mãezinha nada lhe deu a não ser ordens,quando cresceu quiz tudo.Antes era pobrezinho e a mamã pô-lo a estudar com os snr.s p.
Seres viscosos,escorregadios e uns coitadinhos.Nojo desses seres.
*********************************
ALL THE BEST!



E,pessoas de bem e normais a terem de "andar no mesmo passeio"!

Outono disse...

Oh!Deixei aqui umas palavrinhas sobre farinheiras muito farinhents,moles,nojentas...Brrrr!
Não sei se seguiu.

All THE BEST!

Pelo que vejo,em baixo,penso que sim.

Boas!